top of page
Buscar
  • Foto do escritorDébora C. Rosa de Paula

Las Cuevas del Milodon


El Milodon



Las Cuevas del Milodon ou a Caverna Mylodon, é uma das atrações turísticas mais populares de Puerto Natales, especialmente se você se interessa por arqueologia, geologia e paleontologia. Apesar do nome, o parque possui 03 cavernas, 02 miradores, e uma formação rochosa que chamam de cadeira do diabo. O parque é protegido pelo CONAF, órgão de proteção ambiental do Chile.


Fechamos esse passeio com uma agência de turismo em Puerto Natales, porém não é necessário. Você pode alugar um carro e ir até a entrada do parque onde fará o pagamento pelo ticket de entrada de CL$ 8.000,00. São 25 quilômetros da cidade até o parque. O trajeto te encanta pelas paisagens de gaivotas sobrevoando a água, do outro lado criações ovinas, vegetação rasteira e ao fundo montanhas com picos nevados.

O parque pode ser visitado de bicicleta ou pelas trilhas de caminhada. Outros optam por apenas ir até a caverna Mylodon, pois por uma trilha curta é possível ir da entrada do parque até a caverna.


Mapa


Nosso guia e motorista nos deixou na trilha da caverna chica, e combinamos que depois de ver todo o par que ligaríamos para nos buscar. Munidos de água, lanche e mapa, caminhamos tranquilamente por todo o parque.

O território é extremamente lindo e mágico, o monumento possui uma área de 189,5 hectares, com trilhas que permitem ao visitante percorrer todas as atrações em meio à floresta e arbustos típicos da região.

A Caverna Chica é cercada pela floresta nativa, e sua profundidade submerge no interior do Monte Benítez.


Caverna Chica


Passamos por dentro de um túnel de pedras, ouvindo os pássaros e observando a vegetação. Como não havia muitos visitantes naquele dia, passeamos por quase todo o parque sem a companhia de outras pessoas.


Túnel de Pedra

Depois seguimos outra trilha que levava até a Cadeira do diabo, uma grande formação rochosa capaz de resistir à erosão do gelo e da água, que se tornou parte da mitologia de Magalhães. Os antigos moradores dizem que o diabo aparece neste lugar para aqueles que o procuram nas noites escuras.

A subida é íngreme e um pouco difícil, mas a vista que proporciona vale a esforço.


Cadeira do diabo


A caverna do meio é caracterizada por ter sido usada como abrigo pelos primeiros habitantes. Os arqueólogos encontraram evidências dessa ocupação, e de como era a vida dos seres humanos que viveram á mais de 11 mil anos atrás.

Caverna do meio

Toda a trilha é sinalizada com placas e estacas. Após a visita a caverna do meio, você pode optar por voltar à entrada do parque, seguir direto para a caverna principal, ou ir até os mirantes do parque. Nós optamos ir até os mirantes, passamos pelo primeiro mirante, chamado de Mirador Seno Ultima Esperanza, e seguimos para o Mirador Paleolago, onde almoçamos desfrutando da vista.


Vegetação


Esse mirador, também chamado de caverna do mirante, esta localizado no telhado da caverna Mylodon, oferece aos visitantes uma vista espetacular do fiorde de Eberhard e seus canais, além das montanhas e geleiras circundantes.


Mirador Paleolago

A Caverna Mylodon é enorme, com mais de 200 metros de profundidade, 80 de largura e 30 de altura. Tão impressionante quanto suas dimensões são as histórias que ela contém. Há mais de 15.000 anos, grandes animais extintos, como o mylodon ou a onça-pintada, viveram nela. E provavelmente, foi o local de caça dos primeiros habitantes da Patagônia. Foram encontrados restos fósseis de outras formas de fauna antes da chegada do homem na região.

Mylodon é um mamífero extinto, com uma dieta herbívora, chegava a pesar três toneladas e a medir 2,5 metros de altura. Estima que esteja extinto a mais de 10 mil anos.


Caverna Mylodon



O parque é um monumento! Levamos cerca de 6 horas pra ver cada pedacinho dele. Um dia lindo com períodos de sol brilhante e outro nublado e frio.


96 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page